Pedro do Carmo quer que PS volte a ter dois deputados em Beja

Pedro do Carmo quer que PS

Recuperar o segundo deputado para o PS nas legislativas de 2015 é uma das grandes metas de Pedro do Carmo, único candidato à Federação do Baixo Alentejo dos socialistas.
As eleições para a presidência da federação estão agendadas para o próximo dia 5 de Setembro e Pedro do Carmo recandidata-se ao cargo sem oposição, depois de Canudo Sena não ter avançado com a sua candidatura.
Em declarações à Agência Lusa, Pedro do Carmo refere que um dos pontos principais da moção que vai levar ao congresso federativo, marcado para 21 de Setembro, passa por "recuperar o segundo deputado eleito pelo círculo de Beja".
O dirigente socialista considera "importante para a região e para o partido que o PS volte a ter dois deputados" no círculo eleitoral de Beja, o que "deixou de acontecer nas últimas eleições legislativas".
O também presidente da Câmara de Ourique afirma que pretende demonstrar à população "a forma como o distrito de Beja foi abandonado" pelo Governo PSD/ CDS-PP e o "desligamento" de Carlos Moedas, que "não chegou a assumir funções" de deputado e que "nunca mais visitou o distrito".
Sobre as críticas de Canudo Sena, que explicou que "não foi possível" apresentar a sua candidatura à federação porque, quando decidiu avançar, "a maioria dos proponentes já não estava disponível", Pedro do Carmo esclareceu que, quando foram marcadas as eleições para as federações, recebeu um documento de apoio, subscrito por dezenas de militantes, entre os quais os principais adversários das últimas eleições, nomeadamente Hélder Guerreiro e o deputado Luís Pita Ameixa.
"Só mais tarde fiz o processo normalmente de recolha de assinaturas", tendo conseguiu reunir "300 assinaturas", acrescenta.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima