Ourique: Projecto “A nossa terra mais limpa” auxilia cidadãos desempregados

Ourique: Projecto “A nossa terra mais limpa” auxilia cidadãos desempregados

Apoiar quem não tem qualquer tipo de rendimento é o grande objectivo da Câmara Municipal de Ourique, que iniciou no final da passada semana, no dia 1 de Julho, o projecto “A nossa terra mais limpa”. A iniciativa visa promover a pintura e a limpeza de espaços e edifícios públicos no concelho recorrendo ao voluntarismo de cidadãos em situação de desemprego, que depois recebem um subsídio de apoio equivalente a 50% do salário mínimo nacional, ou seja, 242,5 euros.
“Nestes tempos de crise temos de ser inventivos e encontrar soluções. Os presidentes de câmara são constantemente solicitados para dar resposta a pessoas que não têm qualquer rendimento nem recebem apoios sociais, seja o subsídio de desemprego ou o rendimento mínimo social. E este projecto é precisamente para essas pessoas”, explica ao “CA” o autarca Pedro do Carmo.
Nesse sentido, entre os meses de Julho e Setembro seis dezenas de voluntários desempregados (divididos em grupos de 20 por mês) vão trabalhar das 8h00 às 12h00, pintando e limpando espaços públicos de Ourique. “Damos algo a ganhar às pessoas e ficamos tudo pintadinho e limpinho”, sublinha Pedro do Carmo, admitindo a possibilidade da ideia ser alargada a outras épocas do ano e a outras actividades, “como o apoio a idosos”.
O projecto “A nossa terra mais limpa” desenvolve-se em todo o território do concelho de Ourique e conta com o apoio das juntas de freguesia. A estas instituições juntam-se ainda, como mecenas, as empresas Quinta da Arrábida e Barbot, que contribuem com dinheiro e tintas, respectivamente.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima