Ourique cria fundo de apoio às empresas de 100 mil euros

Reforçar “a liquidez das empresas” e “apoiar a manutenção dos postos de trabalho no concelho” em tempo de pandemia são as metas do programa “Ourique: Resisitir/ Recuperar”, acabado de lançar pela Câmara Municipal e que tem uma dotação de 100 mil euros.

Em comunicado, a autarquia explica que o programa se destina às empresas e aos empresários em nome individual com contabilidade organizada ou em regime simplificado “que tenham sede e atividade desenvolvida no concelho”, que sejam micro, pequena ou média empresa (PME), e que tenham sido legalmente constituídas até ao início de 2019.

Apoio da Câmara de Ourique, “a fundo perdido”, terá o valor de 300 euros por cada funcionário que tenha estado em layoff, incluindo os sócios-gerentes, “até ao valor máximo de 3.000 euros por entidade”.

Além do mais, acrescenta a mesma fonte, “os beneficiários deverão ter evidenciado no final de 2019 um volume de negócios até 300.000 euros e terem sido obrigadas a encerrar os seus estabelecimentos devido ao confinamento imposto”.

O apoio da Câmara de Ourique, “a fundo perdido”, terá o valor de 300 euros por cada funcionário que tenha estado em layoff, incluindo os sócios-gerentes, “até ao valor máximo de 3.000 euros por entidade”.

A autarquia acrescenta que as candidaturas devem ser apresentadas através de formulário eletrónico, “disponível no site do município após publicação em edital das normas do regulamento do programa municipal, até 15 de Abril de 2021”.

Com este programa de apoio à economia local, a Câmara de Ourique pretende “combater os efeitos económicos da pandemia da Covid-19, sendo um complemento às medidas de apoio nacionais”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima