OP de Odemira teve 56 propostas

OP de Odemira

A população do concelho de Odemira apresentou um total de 56 propostas de investimento público, no âmbito do “Orçamento Participativo” (OP) 2020, promovido pela autarquia local. Segundo fonte municipal, das 56 propostas 22 são relativas ao processo promovido pela autarquia e as outras 34 para os processos promovidos pelas 13 juntas de freguesias do concelho.
Em 2020 o OP de Odemira tem como novidade de ser temático e exclusivamente dedicado ao Ambiente e Alterações Climáticas, “uma decisão tomada para potencializar a consciencialização para a sustentabilidade, preservação e conservação do meio-ambiente”, frisa a Câmara Municipal.
As propostas 56 propostas apresentadas serão agora submetidas a análise técnica, para posterior votação durante o mês de Novembro.
“A análise técnica das propostas apresentadas decorrerá até ao mês de Outubro, com um período de apresentação de eventuais reclamações pelos interessados durante a segunda quinzena de outubro”, explica a Câmara de Odemira.
Depois, durante o mês de Novembro, terá lugar o período de votação através de SMS ou através do site www.op.cm-odemira.pt, no qual poderão participar todos os cidadãos com idades a partir dos 14 anos de idade, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho.
Recorde-se que o OP municipal tem o valor global de 300 mil euros, dividido em 150 mil euros para projectos promovidos nas freguesias do interior do concelho com menos de 1.500 habitantes e os restantes 150 mil euros para projectos promovidos nas freguesias do litoral do concelho ou com mais de 1.500 habitantes.
Já o processo de OP das Freguesias tem uma dotação de 10 mil euros por freguesia.
Dinamizado de forma ininterrupta desde 2011, o “OP” integra a estratégia do Município de Odemira “para potenciar o exercício da cidadania participada, activa e responsável, com vista à melhoria da qualidade de vida no concelho”, frisa a autarquia odemirense.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima