Odemira promove "Orçamento Participativo"

Odemira promove "Orçamento Participativo"

Já está a decorrer mais uma edição do “Orçamento Participativo” (OP) de Odemira, iniciativa da Câmara Municipal que pretende “potenciar a participação pública, através de factores positivos e construtivos, baseados em princípios de proximidade, transparência e oportunidade”. Ao todo a autarquia disponibiliza 500 mil euros para o OP, sendo que em 2019 a grande novidade do projecto é a possibilidade dos munícipes poderem apresentar propostas para projectos imateriais.
Entre Abril e Junho decorre a fase de apresentação de propostas, sendo que podem participar na iniciativa todos os cidadãos a partir dos 14 anos de idade, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho. As propostas devem ser apresentadas em nome individual, através da página online dedicada ao “OP” (em www.op.cm-odemira.pt), no Balcão Único do Município, nos BU´s KIOSK de Colos, Sabóia, São Teotónio e Vila Nova de Milfontes, ou nos Encontros de Participação a realizar em todas as freguesias.
Do montante de 500 mil euros afecto ao “OP, metade é destinado a projectos promovidos nas freguesias do interior do concelho com população inferior a 1500 habitantes. Os restantes 250 mil euros são para projectos promovidos nas freguesias do litoral do concelho e/ou com população superior a 1.500 habitantes.
As propostas de natureza material não devem ultrapassar o valor de 125 mil euros (incluindo os custos de elaboração dos projectos), enquanto as propostas de natureza imaterial não devem ultrapassar o montante de 62.500 euros.
Numa lógica de “Odemira Concelho 100% OP”, vão decorrer em simultâneo com o OP Municipal os processos de OP das Freguesias, para os quais o Município de Odemira atribui o valor de 10 mil euros para cada uma das 13 freguesias.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima