Novo sintético permite mais ambição no Renascente

Novo sintético permite

O Renascente de São Teotónio pode dar “um passo em frente” nas suas aspirações com o novo piso sintético do Campo das Figueiras, que está praticamente concluído.
A obra foi promovida pela Câmara de Odemira com o apoio da Junta de Freguesia local e permitira ao clube, segundo o seu presidente, encarar novos desafios.
“Temos muitos miúdos em São Teotónio e as condições que tínhamos não eram as ideias para a prática do futebol. Mas com as infra-estruturas que estamos a criar, temos condições para apostar mais nas camadas jovens”, admite António Luís.
Presidente do clube de São Teotónio desde 2007, o dirigente garante que a subida à 1ª divisão distrital é outras das metas da equipa.
“Nos últimos anos disputámos três vezes as fases finais da 2ª divisão e houve mesmo um ano em que não subimos por um golo de diferença. Espero que seja este ano, o objectivo é esse. Mas queremos subir e manter o Renascente nesse escalão, não subir para logo descer”, diz.
Este forcing do Renascente de São Teotónio em chegar à 1ª divisão surge numa altura em que o clube já conta 69 anos de vida e não enfrenta grandes dificuldades financeiras.
“Passivo não temos, mas andamos sempre à rasca! [risos] O dinheiro anda sempre ‘contadinho’, mas felizmente não temos dívidas”, afiança António Luís.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

OP de Odemira com 51 propostas em 2021

Um total de 51 propostas de investimento público foram apresentadas pela população do concelho de Odemira no âmbito do processo do “Orçamento Participativo” (OP) de

Role para cima