Novas descobertas de cobre, níquel e chumbo no distrito de Beja

Novas descobertas de cobre

Novos locais com cobre, chumbo e níquel foram descobertos no distrito de Beja, adianta fonte do Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG) citada pela Agência Lusa.
As descobertas ocorreram no âmbito do projecto europeu “Interreg Espaço Atlântico”, que segundo Teresa Ponce Leão, responsável pelo LNEG, “permitiu fazer estudos que conduziram a mais informação”.
O estudo indica que, entre outras zonas do Alentejo, existe cobre na faixa de Sousel/ Barrancos, São Cristóvão/ Beja/ Serpa e Ferreira do Alentejo/ Mombeja/ Beja.
Outra descoberta é que o chumbo está presente, entre outras, nas faixas de Montemor-o-Novo/ Vila Verde de Ficalho, ao passo que o níquel aparece nas faixas de Ferreira do Alentejo/ Mombeja/ Beja e São Cristóvão/ Beja/ Serpa.
Estas novas descobertas ocorreram no Alentejo e no Algarve por serem regiões inseridas na faixa piritosa ibérica, ou seja, a principal região mineira do sudoeste europeu.
A identificação de novos locais com minerais vem permitir uma actualização da Carta de Ocorrências Mineiras do Alentejo e Algarve e com este novo documento, o LNEG pretende “disponibilizar informação actualizada a investidores” e “apoiar a indústria extractiva já instalada na planificação das suas campanhas de prospecção de minerais metálicos e energéticos”, observa Teresa Ponce Leão.
“Actualizamos o conhecimento e identificamos novos alvos que serão passíveis de atracção de investimento para novas explorações”, acrescentou a responsável, referindo que tais descobertas vão ajudar também na valorização da componente geológica e mineira.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima