Municípios exigem ao Governo respostas sobre aeroporto de Beja e EDAB

Municípios exigem ao Governo respostas sobre aeroporto de Beja e EDAB

A Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral (AMBAAL) exige que o Governo avance com "urgência" com a criação do grupo de trabalho que irá definir soluções para o desenvolvimento do aeroporto de Beja.
"É preciso urgência na criação do grupo de trabalho para que possa começar a estudar o projecto do aeroporto de Beja e apresentar as suas propostas", disse à Agência Lusa o novo presidente da AMBAAL, José Maria Pós-de-mina.
Neste sentido, o conselho executivo da AMBAAL vai enviar uma comunicação ao secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, "a pedir urgência na criação do grupo de trabalho", acrescentou.
Através da comunicação, a AMBAAL vai também pedir ao governante para "clarificar o procedimento a adoptar na designação do grupo de trabalho", porque a associação "tem recebido informações contraditórias sobre o assunto".
Recorde-se que no passado dia 19 de Dezembro, durante uma reunião em Beja com autarcas, deputados e agentes económicos do Baixo Alentejo, Sérgio Monteiro lançou o desafio de criar um grupo de trabalho para definir "soluções de consenso" para o desenvolvimento do aeroporto de Beja.
Entretanto, a AMBAAL exige igualmente urgência na extinção da Empresa de Desenvolvimento do Aeroporto de Beja (EDAB), processo que devia ter sido concluído no final de 2011.
Segundo Pós-de-mina, a AMBAAL e a Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral, também accionista da EDAB, vão pedir ao presidente da Assembleia Geral da empresa, Jorge Pulido Valente, para convocar uma assembleia geral extraordinária para "tomar as decisões que se impõem" com vista à extinção da EDAB.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima