Militares da GNR de Odemira acusados de agredir imigrantes começam a ser julgados

Tribunal - justiça
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Os sete militares da GNR acusados de sequestro e agressão a imigrantes em Odemira começam a ser julgados no Tribunal de Beja nesta quarta-feira, 30, pelas 9h30.

Os militares são acusados pelo Ministério Público (MP) da prática de 33 crimes, nomeadamente abuso de poder, sequestro e ofensa à integridade física qualificada.

O caso remonta ao período compreendido entre setembro de 2018 e março de 2019 e envolve quatro casos de sequestro e agressão de imigrantes por militares da GNR, então colocados no Posto Territorial de Vila Nova de Milfontes, no concelho de Odemira.

Opinião

Napoleão Mira

20 de Janeiro, 2023

O Codex 632

Carlos Pinto

20 de Janeiro, 2023

Habitação, um problema sério

Carlos Pinto

6 de Janeiro, 2023

Saúde débil

Vitor Encarnação

6 de Janeiro, 2023

Ano Novo

Carlos Pinto

16 de Dezembro, 2022

Marcelo, o “omnipresente”

Napoleão Mira

16 de Dezembro, 2022

Leve-Leve

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima