Mértola. PJ detém suspeito de burla e violência doméstica

Um homem, de 55 anos, foi detido nesta segunda-feira, 5, pela Polícia Judiciária (PJ) em Mértola, por suspeitas de burla qualificada e violência doméstica, no âmbito da operação “Amores Imperfeitos”.

Em comunicado, a PJ explica que a ação policial teve por base um  inquérito dirigido pelo Ministério Público de Beja e consistiu “na realização simultânea de várias buscas, a residências e veículos, na região de Lisboa e Mértola”.

A operação resultou “na detenção de um homem de 55 anos, em cumprimento de mandados de detenção emitidos pela autoridade judiciária”, acrescenta a mesma fonte.

Segundo a PJ, e de acordo com os elementos indiciários apurados, “o suspeito terá seduzido, pessoalmente e através das redes sociais várias mulheres, com promessas de compromisso afetivo”.

“Após ganhar a confiança das vítimas, o arguido desenvolvia ações enganosas, levando-as a entregar-lhe bens materiais e patrimoniais e sujeitando-as, posteriormente, a ofensas corporais graves”, adianta.

A PJ revela que nas buscas às residências foram apreendidas “duas armas de fogo e uma réplica”, assim como “armas brancas, três cartas de condução falsas, três viaturas, duas das quais de gama alta, e ainda uma importância monetária, elevada, em numerário”.

O detido, “com antecedentes policiais por crimes de burla qualificada e roubo”, vai ser presente, no Tribunal de Beja, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, enquanto “as investigações prosseguem”, conclui a PJ.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima