Jovem alentejano de apenas 13 anos brilha no judo da Alemanha

Jovem alentejano de apenas 13 anos  brilha no judo da Alemanha

Esta é a história de um jovem português com uma “costela” baixo-alentejana que vive no norte da Alemanha e que se destaca numa modalidade nascida… no Japão. Confuso? Pois bem, seja bem-vindo à história de Dário Lima Brito, um jovem português de apenas 13 anos cujo pai é natural da vila de Entradas (no concelho de Castro Verde) mas que vive na cidade alemã de Lübeck. Foi aí que há cerca de um ano se iniciou no judo, arte marcial em que esteve a um pequeno passo de se sagrar campeão regional do norte da Alemanha.
Mas vamos por partes, que apesar de curta esta é uma história com vários capítulos! A (ainda) breve saga de Dário iniciada no mundo do judo começou num torneio não-oficial realizado na sua cidade, onde para grande surpresa sua (e não só) alcançou o terceiro lugar.
Os dotes atléticos e técnicos demonstrados pelo jovem atleta levaram o seu treinador a inscrevê-lo no campeonato distrital, que decorreu em finais do passado mês de Outubro em Travemünde (Lübeck) e onde Dário acabou por superar todas as expectativas e alcançar o primeiro lugar.
A festa foi enorme entre familiares e amigos, mas poucas semanas depois, a 13 de Novembro, o jovem judoca português enfrentou nova “prova de fogo”, agora durante os campeonatos inter-distritais de sub-14 realizados na cidade de Bad Schwartau. Aí o resultado foi ainda melhor que o registado na prova anterior, já que Dário não foi de “modas” e venceu todos os combates em que entrou, arrebatando o merecido título… mas também uma arreliadora lesão numa perna.
A mazela impediu-o de treinar na plenitude nos dias seguintes, mas uma semana depois, a 20 de Novembro, Dário não deixou de se apresentar em Bremen, onde decorreram os campeonatos regionais do norte da Alemanha. Mesmo dorido, o judoca fez das “tripas coração” combate após combate e só caiu nas meias-finais, acabando por regressar a casa com a honrosa medalha de bronze referente ao terceiro lugar.
Para já, Dário vai gozando a glória efémera das suas “pequenas” conquistas. Não se sabe ainda se o judo vai (ou não) continuar no seu caminho, mas aos 13 anos já pode dizer que é um campeão! Ou em bom alemão: “Ich bin champion”!

(Dário Brito é o primeiro à direita na foto)

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima