Governo francês condecora José António Falcão com a Medalha da Juventude e dos Desportos

Governo francês condecora José António Falcão com a Medalha da Juventude e dos Desportos

O Presidente da República de França, Nicolas Sarkozy, condecorou o director do Departamento do Património Histórico e Artístico (DPHA) da Diocese de Beja, José António Falcão, com a “Médaille de la Jeunesse et des Sports” (Medalha da Juventude e dos Desportos).
Instituida por Pompidou em 1969, trata-se da mais alta distinção francesa para recompensar as personalidades que “se notabilizaram, de uma maneira particularmente honrosa, ao serviço da educação física e dos desportos, dos movimentos da juventude e das actividades sócio-educativas, das colónias de férias e ao ar livre”.
De acordo com fonte oficial do Governo francês, a distinção a Falcão é justificada pela sua intervenção "no estudo do caminho de Santiago, um trabalho que se traduz, já à escala europeia, na mobilização das comunidades locais para a defesa das vias de peregrinação a Santiago de Compostela".
"O apoio aos peregrinos", "a dinamização da presença de jovens e voluntários em campos de trabalho internacionais" e "o resgate do património cultural e natural das rotas jacobeias" são outros aspectos da obra do laureado que o governo francês quis realçar.
A cerimónia de imposição da respectiva insígnia terá lugar em Lisboa, no palácio de Santos, sede da Embaixada de França, na próxima quarta-feira, 23.
José António Falcão, historiador de arte, professor universitário e conservador de museus, dirige desde 1984 o Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima