GNR identifica 15 infrações por caravanismo ilegal no Alentejo Litoral

A GNR realizou, no início da semana, ações de fiscalização de caravanismo e campismo ilegal na área protegida do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, tendo identificado 15 pessoas.

Segundo comunicado da GNR, a ação decorreu no âmbito da operação “Verão Seguro 2021” e foram fiscalizadas 15 pessoas, “as quais foram identificadas pela prática de infrações relacionadas com o campismo e caravanismo ilegal ou irregular em área protegida, e cujas coimas podem ascender aos quatro mil euros”.

A mesma fonte acrescenta que o campismo e caravanismo ilegal ou irregular em área protegida “pode conduzir a uma ocupação excessiva e desordenada de espaços públicos, zonas costeiras e áreas classificadas por autocaravanas e similares, com consequências negativas na paisagem, no ambiente, no ordenamento do território e na saúde pública”.

Nesse sentido, a GNR garante que “irá continuar a sensibilizar os caravanistas e campistas para adotarem um comportamento mais responsável e amigo do ambiente, especialmente nestas áreas protegidas”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima