Festival "Terras Sem Sombra" elogiado na cimeira "Rio+20"

Festival "Terras Sem Sombra" elogiado na cimeira "Rio+20"

O Festival "Terras Sem Sombra", a maior iniciativa de música sacra no país, que decorre no Baixo Alentejo, foi apontado por um especialista como “exemplo” da concretização de uma das recomendações do Plano para a Sustentabilidade, que vai ser apresentado na Cimeira Rio+20.
Amalio de Marichalar, especialista em questões ambientais, indicou que o festival de música promovido pelo Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja suporta a quarta recomendação do plano a apresentar no Rio de Janeiro: “promover a cultura como pilar central da sustentabilidade”.
O festival "Terras Sem Sombra" alia a cultura à biodiversidade, incluindo concertos quinzenais e convidando artistas ou comunidades locais para, no dia seguinte, realizarem uma acção de sensibilização ambiental.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima