Falta de médicos em Beja preocupa PCP

Falta de médicos em

O deputado do PCP eleito por Beja, João Dias, visita nesta segunda-feira, 21, durante a tarde, o Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, para abordar com a administração da ULSBA a falta de médicos na Urgência de Obstetrícia.
Em comunicado, os comunistas lembram que tanto a administração da ULSBA como o Ministério da Saúde, em resposta a requerimentos do seu deputado por Beja, têm reconhecido “as dificuldades e admitido o ‘risco eminente’ de colapsar nas Urgências de Pediatria e Obstetrícia” e “graves dificuldades nos serviços de Anestesiologia, Radiologia, Cirurgia Geral e Ortopedia”.
“Toda a situação de extrema dificuldade, tem preocupado os profissionais de saúde sendo conhecido o manifesto, assinado por 12 directores de serviço do Hospital José Joaquim Fernandes, tornado público em 2018 onde expressaram a sua ‘preocupação pela situação de absoluta carência de médicos para fazer face às necessidades assistenciais da população pela qual a ULSBA é responsável’”, acrescenta o PCP.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima