Distrital de Beja do PSD critica acção do PCP na região

Distrital de Beja do PSD

A Distrital de Beja do PSD acusa o PCP de fazer declarações “abusivas, demagógicas e muito desavergonhadas” sobre o papel dos sociais-democratas no estado da região, lembrando que este partido “deteve durante décadas a supremacia autárquica no distrito”.
Na resposta ao comunicado do PCP em que era imputada ao PSD “a responsabilidade dos problemas por resolver na região e por estes serem fruto de políticas de direita”, os sociais-democratas lembram que os comunistas detiveram “durante décadas a supremacia autárquica no distrito de Beja” e questionam mesmo as políticas que estes incrementaram para colocar a região “na rota do desenvolvimento”.
“As autarquias devem também elas ser a primeira linha de defesa e de protecção numa região. Será coincidência o nosso distrito ser dos mais atrasados do país? Não tinha esta comunidade intermunicipal comunista poder e obrigação para fazer muito mais por todos os baixo-alentejanos?”, pergunta o comunicado do PSD.
Os sociais-democratas argumentam ainda que “nos últimos 25 anos o PSD esteve apenas no Governo oito anos, sendo que quatro deles foram sob intervenção externa”, admitindo, ainda assim, ser “um facto que o PSD não deu expressão àquilo que eram as necessidades da região entre 2011 e 2015 em matéria de acessibilidades”.
“Mas não deu porque encontrou o país na bancarrota e a prioridade só podia ser as pessoas, deixando o investimento público para segundo plano”, justifica.
Por fim, o PSD refere que o distrito de Beja “precisa de deputados que não ponham em causa toda uma estratégia regional e, consequentemente, a qualidade de vida das pessoas, por mera subserviência partidária”.
“Precisamos de deputados com coragem e visão que, façam impor a vontade das suas gentes e sejam o garante da aplicação de medidas que visem o desenvolvimento económico e social da sua região”, conclui o comunicado laranja.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima