Covid-19. Vacinados 588 guardas e polícias no distrito de Beja

Um total de 588 militares da GNR (427) e agentes da PSP (161) do distrito de Beja começaram a ser vacinados contra a Covid-19 neste sábado, 13, adianta ao “CA” fonte oficial do Ministério da Administração Interna (MAI).

De acordo com o MAI, o processo de vacinação dos elementos das forças de segurança em Portugal, que abrangerá 10 mil militares da GNR e 10 mil agentes da PSP, vai decorrer “ao longo das próximas três semanas”.

“O início, nesta fase, do processo de vacinação de elementos da PSP e da GNR reconhece o papel das forças de segurança no combate à pandemia da Covid-19, colocando-as entre as prioridades de vacinação dentro das funções essenciais do Estado”, sublinha o ministério liderado por Eduardo Cabrita.

O MAI acrescenta que o planeamento deste processo de vacinação foi “elaborado de forma articulada entre a GNR e a PSP”, sendo coordenado pelo ministério.

“A ordem dos elementos a vacinar foi definida pela GNR e pela PSP, com base em critérios operacionais – priorizando militares e agentes na linha da frente e mais expostos aos riscos do coronavírus – e também critérios de saúde – com prioridade a elementos que sofrem das comorbilidades/patologias listadas pela Direcção Geral de Saúde”, explica o MAI.

A vacinação dos militares e agentes do distrito de Beja será efectuada nos centros de saúde.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima