Comissão Parlamentar de Agricultura visita Alqueva a "convite" de Mário Simões

Comissão Parlamentar de Agricultura visita Alqueva a "convite" de Mário Simões

Os deputados que integram a Comissão Parlamentar de Agricultura vão visitar o empreendimento de Alqueva.
A iniciativa, que deverá decorrer durante a primeira quinzena do próximo mês de Setembro, surge pela mão do também deputado e presidente da Distrital de Beja do PSD, Mário Simões, e visa proporcionar aos parlamentares a “concreta interpretação dos factos que estão a condicionar o aproveitamento dos novos blocos de rega” do projecto.
Em nota de imprensa, o líder laranja acusa o PS e o seu responsável máximo local, o também deputado Luís Pita Ameixa, de “desviar a atenção das pessoas das responsabilidades directas que têm de lhe ser imputadas sobre o impasse que hoje condiciona o desenvolvimento do maior projecto hidro-agrícola de Portugal”.
“Em Agosto de 2011 estão prontos cerca de 70.000 hectares, mas a regar pouco mais haverá, na melhor das hipóteses, que 15.000 hectares dos cerca de 70.000 concluídos. São números que nos devem obrigar a reflectir sobre a herança que a anterior governação socialista deixou para o Governo de Pedro Passos Coelho”, nota o comunicado do PSD de Beja.
Por isso mesmo, e lembrando que “para o PSD o projecto é muito mais que a conclusão das obras”, Mário Simões espera que com a vinda da Comissão de Agricultura a Alqueva possa “ser possível concluir sobre a real situação do empreendimento, que tem de deixar de ser arma de arremesso político/partidário para que seja, finalmente, transformado num meio de valorização da economia regional e um instrumento decisivo para estancar a hemorragia humana que continua a abandonar o Alentejo”.
A fechar, o deputado do PSD eleito por Beja manifesta igualmente a sua estranheza pelo facto da actual administração da EDIA, liderada por Henrique Troncho, continuar em “silêncio sobre um problema que deveria já ter merecido os devidos esclarecimentos”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima