Comissão administrativa deve continuar à frente do Desportivo de Beja

Comissão administrativa deve continuar à frente do Desportivo de Beja

A actual comissão administrativa que gere os destinos do Desportivo de Beja deve manter-se em funções nos próximos quatro meses.
Os sócios do emblema da rua do Sembrano reúnem esta quinta-feira, 18, às 21h00, em assembleia geral extraordinária e a inexistência de uma lista candidata aos órgãos sociais do clube para o biénio 2012-2014 deve levar à recondução da actual equipa dirigente até, no mínimo, Fevereiro de 2013.
“Esta comissão administrativa está disponível para assumir mais um mandato enquanto comissão por quatro meses”, adianta ao “CA” o presidente da comissão administrativa, Diogo Nascimento, garantindo que ainda não é tempo de falar na formação de uma lista a partir da actual equipa dirigente.
“Esta comissão tem vindo a arrumar a casa e enquanto a casa não estiver totalmente arrumada – ou pelo menos 80% – parece-nos prematuro avançar e assumir compromissos de médio prazo”, afiança.
Sobre o trabalho desenvolvido pela comissão administrativa desde finais de 2011, altura em que o então presidente do clube Jorge Parente apresentou a sua demissão, Diogo Nascimento faz um balanço positivo, destacando entre os objectivos alcançados o facto do clube ter conseguido esta época apresentar todos os escalões de futebol, “dos veteranos aos petizes”.
“Por outro lado, havia a necessidade de conhecer os processos e o passado recente do clube, o que tem sido possível fazer. E por último, outro objectivo que tínhamos era ganhar um campeonato distrital na formação e ter o Desportivo de Beja representado nos campeonatos nacionais. E isso foi conseguido pelos iniciados”, acrescenta.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima