Alentejano… e bastante bom!

Quinta-feira, 5 Abril, 2018

Carlos Pinto

director do correio alentejo

Duas padarias do distrito, uma de Castro Verde e outra de Mértola, acabam de receber a medalha de ouro no Concurso Nacional de Pão, Broas e Empadas na categoria de “Pão de Trigo Alentejano” [ver notícia na página 10]. Também recentemente os vinhos da Adega Cooperativa da Vidigueira foram premiados em diversas competições internacionais, à imagem do que tem sucedido com vários produtores de vinho da região. E outros tantos prémios (nacionais e internacionais) têm sido igualmente atribuídos a enchidos e presuntos, queijos, mel e a uma variedade imensa de produtos oriundos do Baixo Alentejo.
Tudo isto é ilustrativo da qualidade do que se faz e produz neste território. Uma qualidade que provêm de saberes simples e ancestrais, da genuinidade dos produtos e da capacidade empreendedora que muitos empresários têm tido, inovando sem corromper a tradição e sendo capazes de entrar em nichos de mercados bastante compensadores do ponto de vista financeiro. E assim se cria, em simultâneo, riqueza no Mundo Rural, pois muitos destes produtores asseguram postos de trabalho directos (e indirectos) em pequenas unidades industriais em aldeias e vilas onde o que mais falta são oportunidades de emprego.
Mas não se pense que tudo está feito. Há ainda um longo caminho a percorrer, no sentido de abrir novos horizontes aos negócios que já existem e criar condições para que mais entrem em funcionamento. É necessário, cada vez mais, apostar na certificação e na diversificação. E ser capaz de acompanhar as tendências do(s) mercado(s). O resto virá naturalmente. Porque todos sabem que o que é alentejano… é bom. Bastante bom!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima