CM Alvito contra fecho de escola de Vila Nova da Baronia

CM Alvito contra fecho de

A Câmara de Alvito contesta o fecho da escola de Vila Nova da Baronia, por ter mais de 21 alunos e não se enquadrar no critério definido para fechar escolas básicas.
Num comunicado enviado à Agência Lusa, o Município baixo-alentejano reafirma a sua "discordância" com o fecho da escola do primeiro ciclo do ensino básico da freguesia de Vila Nova da Baronia, "pois não se enquadra nos pressupostos/princípios orientadores do parecer que leva ao encerramento", nomeadamente o critério de menos de 21 alunos, "uma vez que tem 43".
A Câmara de Alvito refere que já reuniu com a população e vai promover uma manifestação, na sexta-feira, 27, às 11h00, em Évora, junto à Direcção de Serviços da Região Alentejo da Direcção Geral de Estabelecimentos Escolares (DGEstE), para contestar a decisão do Governo de fechar a escola.
A autarquia lembra que foi informada, no passado dia 31 de Março, da intenção do Governo de fechar a escola de Vila Nova da Baronia e o executivo, em reunião de Câmara, no dia 7 de Abril, aprovou, por unanimidade, um protesto contra o fecho do estabelecimento de ensino.
A Câmara de Alvito refere que, posteriormente, deu conta da sua posição ao Ministério da Educação e Ciência e reuniu com a responsável pela Direcção de Serviços da Região Alentejo da DGEstE, a quem reiterou a sua "total discordância" com o fecho da escola.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima