CDU acusa Pulido Valente de dois crimes, autarca bejense nega

CDU acusa Pulido Valente de dois crimes

A CDU acusou esta quarta-feira, 4, o presidente da Câmara de Beja de abuso de poder e uso indevido de dinheiros públicos, porque mandou a autarquia pagar uma multa "pessoal", mas o autarca refuta as acusações.
"Acusamos o presidente da Câmara de dois crimes: um de abuso de poder e um de uso indevido de dinheiros públicos para fins pessoais", disse à Lusa o vereador da CDU Miguel Ramalho, após o caso ter sido debatido na reunião camarária.
Segundo o vereador, as acusações justificam-se porque o autarca, sabendo que "não tinha competência" e era "ilegal", mandou a Câmara pagar a multa, que é "pessoal".
As acusações "não correspondem à verdade", refutou à Lusa o autarca Jorge Pulido Valente, referindo: "Estamos perante um processo de intenções e de chicana política" da CDU para "pôr em causa a minha seriedade".
"Não há nenhum crime de abuso de poder, porque mandei pagar a multa com legitimidade", disse.
Por outro lado, continuou, "não há nenhum crime de uso indevido de dinheiros públicos para fins pessoais" porque "não é uma multa ao Jorge Pulido Valente, é uma multa ao presidente da Câmara e, portanto, não é pessoal e tem a ver com questões de serviço".
Pulido Valente foi notificado para comparecer no Tribunal de Beja a 13 de Dezembro de 2010, como representante legal da Biblioteca Municipal de Beja, num processo judicial após uma denúncia da autarquia.
O autarca faltou à audiência, sem aviso prévio e sem justificação no prazo legal, e o tribunal aplicou-lhe uma multa de 204 euros e notificou-o, em Janeiro de 2011, para a pagar no prazo de 12 dias, disse Miguel Ramalho.
"Por motivos de agenda enquanto presidente da Câmara não pude comparecer", explicou Pulido Valente, referindo que, após a notificação, pediu ao tribunal para retirar a multa, mas este rejeitou os argumentos e manteve a coima.
Por isso, "ouvi os serviços jurídicos e decidi que devia ser a Câmara a pagar a multa, porque era um assunto da autarquia e a falta deveu-se a questões de agenda como presidente", disse o autarca.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima