CDU acusa EMAS de ter "abandonado" obras na aldeia da Cabeça Gorda

CDU acusa EMAS de ter "abandonado" obras na aldeia da Cabeça Gorda

Uma situação "vergonhosa" – é esta a posição da comissão coordenadora da CDU na Cabeça Gorda, que acusa a Empresa Municipal de Águas e Saneamento (EMAS) de Beja de "má gestão" do projecto de remodelação da rede de águas na freguesia.
Em comunicado, a CDU "considera vergonhosa a situação que está a ocorrer na freguesia, mais concretamente na rua Machado Santos", artéria da aldeia intervencionada ainda no ano de 2010.
Segundo os comunistas, a EMAS levou a cabo os trabalhos "de abertura das valas, substituição dos ramais e condutas e respectivas ligações às habitações", mas após a execução destes trabalhos "a obra, inacabada, foi abruptamente parada, encontrando-se nesta situação há mais de seis meses".
"Os buracos continuam por tapar e a repavimentação da rua e respectivo arranjo de passeios continua por fazer", argumenta o comunicado da CDU.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima