Castro Verde requalifica rua Morais Sarmento

Castro Verde requalifica rua Morais Sarmento

Estendendo-se do Largo da Feira à “rotunda das ovelhas”, a rua Morais Sarmento é uma das mais históricas (e movimentadas) ruas de Castro Verde. O tráfego intenso e as poucas condições para a circulação pedonal são alguns dos problemas sentidos nesta via de sentido único situada no “coração” da vila, que vai ser requalificada de alto a baixo pela Câmara Municipal, no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) de Castro Verde.
O projecto para a requalificação da rua Morais Sarmento será apresentado publicamente nesta sexta-feira, 14, às 21h00, na Praça da República. A empreitada está avaliada em cerca de 300 mil euros e tem financiamento comunitário, através do Alentejo 2020, sendo que o concurso público deverá ser lançado pela autarquia durante o mês de Julho.
“Será uma intervenção profunda, que concilia a requalificação da rua com a requalificação da rede de águas. O objectivo é, no caso da rua, acabar com aquele perfil de ‘túnel’ e fazer com que a rua seja em boa medida entregue às pessoas ao invés de estar dominada pelos carros”, explica ao “CA” da Câmara de Castro Verde.
Segundo António José Brito, a rua Morais Sarmento “é uma das ruas principais e mais emblemáticas de Castro Verde” e, por isso mesmo, “não pode continuar como está”. “Estamos certos que o projecto, nos termos definidos, será bem acolhido e marcará o seu tempo, no sentido em que dará uma nova definição a uma rua emblemática”.
O projecto para a “nova” rua Morais Sarmento prevê a criação de um corredor pedonal acessível que contemplará um novo perfil de rua, com a criação de uma faixa de mobilidade pedonal e de uma faixa de rodagem em “zig-zag” para automóveis, plataformas de estacionamento temporário alternado e a introdução de novos elementos urbanos (árvores, papeleiras e bancos de jardim).
Com esta obra, a Câmara de Castro Verde pretende reforçar a centralidade da vila, assim como a regeneração física, económica e social do “centro histórico” e a adopção de padrões de mobilidade urbana sustentáveis, inclusivos e saudáveis.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima