Castro Verde com monumento de homenagem aos soldados mortos no Ultramar

Castro Verde com monumento de homenagem aos soldados mortos no Ultramar

Os soldados naturais do concelho de Castro Verde que morreram na Guerra Colonial vão ser homenageados pelo Município através de um monumento, que será apresentado esta segunda-feira, 25.
O memorial “Castrenses Mortos na Guerra Colonial”, instalado em frente ao cemitério municipal de Castro Verde, onde estão sepultados alguns dos soldados cujos corpos foram trasladados de África, será apresentado numa cerimónia evocativa a partir das 10h30.
Através do monumento, a Câmara pretende “honrar, recordar e imortalizar” os nomes dos 15 soldados naturais do concelho de Castro Verde que morreram na Guerra Colonial, explicou à agência Lusa o vice-presidente do Município, António João Colaço.
“Queremos honrar a memória dos soldados que morreram jovens, longe das famílias e dos amigos” e numa guerra em que participaram “obrigados pelo regime fascista”, disse.
O memorial, uma peça “sóbria e digna” criada pela arquitecta Helena Passos, “reinterpreta o obelisco e a coluna comemorativa, desenvolvida maioritariamente em ferro e em torno de um elemento instaurador em betão”, explicou o Município.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima