Câmara de Portel tem orçamento de 10,5 milhões

Câmara de Portel tem

A Câmara de Portel conta para este ano com um orçamento de 10,5 milhões de euros, que reflecte as "grandes dificuldades" do Poder Local devido à redução das transferências do Estado para os municípios.
O presidente da Câmara alentejana, o socialista José Manuel Grilo, disse à Agência Lusa que "o orçamento foi feito num quadro de grandes dificuldades para o poder local", tendo o seu valor sido reduzido em dois milhões de euros em relação ao do ano passado.
"Desde 2011, até aquilo que está previsto a Câmara receber este ano, levámos um corte de cerca de 3,5 milhões de euros nas transferências do Estado", afirmou o autarca.
Nas verbas provenientes do Orçamento do Estado para este ano, segundo o presidente do Município, está previsto um "corte de cerca de 163 mil euros".
As Grandes Opções do Plano e o Orçamento para este ano da Câmara de Portel foram aprovados por maioria em reunião do executivo e, depois pela Assembleia Municipal, com os votos a favor dos eleitos do PS e a abstenção da CDU.
José Manuel Grilo assinalou que se trata de "um orçamento muito realista", já que, garantiu, "as despesas e as receitas foram bem calculadas" e que "não há empolamento de receitas, nem de despesas".
O autarca adiantou que este orçamento fica marcado pelo início de alguns projectos que "são necessários" para o concelho, nomeadamente a construção de um parque de feiras e exposições e a requalificação das piscinas.
"Assim como a melhoria dos serviços municipais e novos investimentos em instalações e serviços e em máquinas e viaturas", acrescentou.
Está também prevista, realçou, a conclusão do mercado municipal e dos investimentos previstos no tratamento de águas residuais e no abastecimento de água à população, em articulação com o sistema intermunicipal Águas do Centro Alentejo.
De acordo com o presidente do município, continua também a aposta da Câmara nas áreas da educação, cultura e o desporto, no turismo e no desenvolvimento económico, com destaque para a continuidade e reforço das medidas de apoio social.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima