BE não quer “nem mais um metro de estufas” em Odemira

O Bloco de Esquerda (BE) não quer “nem mais um metro de estufas” no concelho de Odemira e, por isso mesmo, vai apresentar no Parlamento uma proposta legislativa nesse sentido, onde exigirá também a gestão pública da água do Perímetro de Regra do Mira.

A garantia foi deixada pela coordenadora do BE, Catarina Martins, que esteve neste sábado, 24, em Odemira, na apresentação dos candidatos do partido aos órgãos autárquicos do concelho de Odemira nas próximas eleições.

“Em setembro, mal os trabalhos parlamentares retomem, o Bloco vai apresentar no parlamento uma proposta muito simples, com apenas dois pontos”, anunciou a coordenadora bloquista, sublinhando que “o primeiro ponto é nem mais um metro de estufa, não podemos continuar, parar já” e que o segundo ponto é “que a água do Perímetro de Rega do Mira tenha gestão pública”.

“Não são os donos das estufas, que mandam na água que é de todos”, reforçou Catarina Martins.

Por sua vez, o candidato do BE à Câmara de Odemira criticou o excesso de agricultura intensiva no concelho e garantiu que, em caso de eleição, não irá “permitir que a ABM volte a cortar a água aos pequenos consumidores para beneficiar os grandes empresários da agricultura intensiva”.

Pedro Gonçalves disse igualmente que “cada voto no BE será mais um travão à destruição em curso no concelho de Odemira”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima