Autarquias com dívidas de quase um milhão de euros à AMBAAL

Autarquias com dívidas de quase um milhão de euros à AMBAAL

A dívida das autarquias à Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral (AMBAAL) “ronda quase um milhão de euros” e as câmaras com “maiores dívidas” só terão acesso aos serviços da instituição se os pagarem antecipadamente.
A garantia é dada pelo presidente do conselho directivo da AMBAAL, Jorge Pulido Valente, que citado pela Agência Lusa adianta que os municípios de Almodôvar, Alcácer do Sal, Barrancos, Ourique e Sines são os que têm “as dívidas mais elevadas”.
Segundo o autarca, “há municípios que apresentaram planos de pagamento das dívidas e estão a cumpri-los” e há outros que também apresentaram planos de pagamento das dívidas, mas “não estão a cumpri-los”, porque, “entretanto, pagam o que está nos planos, mas deixam acumular as dívidas”.
Devido a esta situação, o conselho directivo da AMBAAL decidiu, na sua última reunião, esta segunda-feira, 12, que os municípios com as “maiores dívidas” à AMBAAL “só poderão ter acesso aos serviços prestados pela associação”, como os de formação, se os pagarem “antecipadamente”.
À margem desta questão, a AMBAAL exige igualmente “urgência” na extinção da EDAB – Empresa de Desenvolvimento do Aeroporto de Beja, alegando que esta já cumpriu a sua missão e só está a criar passivo.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima