Autarcas de Portel contra fim de carreiras rodoviárias

Autarcas de Portel contra

A Assembleia Municipal de Portel manifestou-se contra o fim de "mais qualquer carreira" que sirva o concelho, após "ter tido conhecimento" da alegada intenção da Rodoviária do Alentejo de suprimir ligações para a capital de distrito, Évora.
Numa moção aprovada por unanimidade na sua mais recente reunião, a Assembleia Municipal (AM) manifesta "a sua total discordância" com o fim de "mais qualquer carreira no concelho" e mandata a Câmara para apresentar esta posição junto da Rodoviária do Alentejo.
Contactado pela Agência Lusa, o administrador da empresa, Pedro Deus, negou tal intenção, dizendo que o que acabou recentemente foi uma carreira entre Beja e Évora, com paragem em Portel, cuja "procura era muito reduzida e não justificava a sua realização".
"Os outros horários de Portel para Évora continuam a existir", garante.
Na moção, a AM de Portel justifica sua posição alegando " ter tido conhecimento, através de vários munícipes que diariamente se deslocam para Évora, que a Rodoviária do Alentejo tem intenção de suprimir mais carreiras que servem o concelho".
Segundo os autarcas, "já em anos anteriores, sem qualquer aviso prévio ou justificação plausível, foram extintas algumas carreiras que são da maior importância para as populações do concelho, como foi o caso de Alqueva e Amieira".
"Algumas carreiras para se manterem, e apenas durante os períodos lectivos, carecem de financiamento" do Município, pode ler-se no documento.
Por outro lado, o órgão municipal destaca "o apoio que a Câmara de Portel presta, sem qualquer contrapartida, ao longo dos anos à Rodoviária do Alentejo, como é o caso da utilização gratuita do Terminal Rodoviário".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima