Assembleia Municipal de Beja contra cortes nos serviços ferroviários

Assembleia Municipal de Beja contra cortes nos serviços ferroviários

A Assembleia Municipal de Beja aprovou no início da semana uma moção onde se assume como “porta-voz das populações da região”, rejeitando “firmemente” mais cortes nos serviços ferroviários que servem a cidade e o distrito e reafirmando a “exigência do restabelecimento das ligações directas de e para Lisboa e Algarve”.
A moção, apresentada pelos eleitos da CDU e aprovada por unanimidade, surge na sequência de uma notícia divulgada no jornal “Público”, em que era referido que o anterior Governo, liderado pelo socialista José Sócrates, havia entregue à “troika” um estudo que previa o encerramento de 800 quilómetros de vias ferroviárias em todo o país, nomeadamente as ligações Casa Branca-Beja e Beja-Funcheira.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

ULSBA participa em projecto europeu

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) candidatou-se ao projecto europeu de facturação electrónica “European Hospitals adopting the e-invoicing Directive”, aprovado pela INEA

CIMBAL apresenta propostas para o PRR

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) submeteu vários contributos ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), no âmbito da consulta pública promovida ao documento.

Role para cima