Ambientalistas contra bloco de rega de Messejana

A associação ambientalista Zero considera que a construção do bloco de rega de Messejana, previsto para o concelho de Aljustrel e integrado no projeto de ligação da barragem do Monte da Rocha ao Alqueva através do Roxo, pode implicar “riscos sérios para a sustentabilidade” da albufeira situada no concelho Ourique.

De acordo com comunicado dos ambientalistas, citado pela Agência Lusa, a construção do bloco de Messejana é “mais um projeto público sem visão” e um investimento de “20 milhões de euros sem um diagnóstico aceitável das pressões hídricas na albufeira do Monte da Rocha”.

A associação refere ainda que o bloco de rega proposto é “incompatível” com vários instrumentos de ordenamento do território em vigor, ocupará solos “desadequados para o regadio” e irá por “em causa” habitats e espécies protegidas.

Tudo isto “sem nenhuma integração em estratégias de desenvolvimento local, nem a proteção da saúde e [do] bem-estar das populações face à exposição a substâncias perigosas e à degradação da paisagem”, acrescenta a Zero.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima