Aljustrel cria maior percurso mineiro urbano de Portugal

Aljustrel cria maior percurso

São 12 quilómetros de extensão, entre caminhos urbanos, passadiços de madeira e caminhos rurais, recheados de história(s) e memória(s): é assim o “Percurso Mineiro de Aljustrel”, o maior de cariz urbano de todo o país e que pretende levar os caminhantes a passar pelos principais locais de interesse da “vila mineira”.
Trata-se do caminho pedestre “Aljustrel tem uma mina”, iniciativa da Câmara Municipal local que tem como temáticas o complexo mineiro, o espaço urbano e a paisagem rural. O percurso já está homologado e registado, surgindo no âmbito do projecto “TransAlentejo”, da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, que visa dinamizar o turismo de natureza.
Em Aljustrel os “amantes” das caminhadas são desafiados a, “passo a passo”, desvendar “os segredos e as riquezas desta povoação, perdendo-se pelas ruelas, praças e monumentos, apreciando o património religioso, mas também o mineiro e o ligado à actividade agrícola”, explica a Câmara de Aljustrel, apelando ainda a que os caminhantes “convivam com as gentes da terra, de modo a perceberem a sua cultura e a sua identidade”.
De acordo com a autarquia, a sinalética do novo está a ser instalada, sendo que em diversos locais de Aljustrel já é possível “avistar os traços marcados a vermelho e a amarelo que indicam o caminho certo, o caminho errado, que dão a indicação para virar à esquerda ou para virar à direita”.
“O grau de dificuldade deste percurso pedestre, que mostra Aljustrel de ‘lés-a-lés’, é baixo e está acessível a pessoas com mobilidade reduzida, em equipamentos adequados, e a invisuais, desde que acompanhados”, acrescenta a Câmara de Aljustrel, referindo ainda que está previsto que o ponto de partida e de chegada deste caminho “seja a antiga Escola Primária da Avenida, em frente ao Jardim Público 25 de Abril”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima