Alentejo é a região que mais "sofre" com hipertensão arterial

Alentejo é a região que mais "sofre" com hipertensão arterial

O Alentejo é a região que apresenta o mais elevado índice nacional de hipertensão arterial (HTA), um dos principais factores de risco das doenças cardiovasculares e que afecta cerca de metade dos alentejanos, alertou um especialista.
Existe "uma prevalência alta de HTA em Portugal, cerca de 42%. Mas, se atendermos aos dados do Alentejo, é a mais alta a nível nacional, 49,5%", explicou José Aguiar, director do serviço de Cardiologia do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE).
O responsável lembrou que a HTA "é um dos mais importantes factores de risco das doenças cardiovasculares" e está englobada na Síndrome Metabólica, cuja prevalência no Alentejo (30,9%) supera igualmente os números do país (27,5%).
"Esta inclui, não só a hipertensão, mas também a alteração nos lípidos sanguíneos, diabetes ou a obesidade abdominal", que são "factores de risco cardiovasculares que concorrem para que haja índices elevados dessa patologia na região", referiu.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima