Água: PS do Baixo Alentejo contesta posição de CDU e PSD

Água: PS do Baixo Alentejo

A Federação do Baixo Alentejo do PS critica duramente as opções de CDU e PSD no processo que previa a criação da empresa Águas do Baixo Alentejo, que juntaria a Águas de Portugal e oito municípios numa parceria público-pública para a gestão do abastecimento “em baixa”. A posição dos socialistas surge depois de o processo não ter sido aprovado nas assembleias municipais de Beja, com os votos contra da CDU e a abstenção do PSD, e de Castro Verde, onde a CDU tem maioria.
Em comunicado enviado ao “CA”, o PS do Baixo Alentejo lembra que no Baixo Alentejo já existe uma parceria idêntica no caso do abastecimento “em alta”, o que permitiu “investimentos superiores a 100 milhões de euros, centrados na sustentabilidade da distribuição de água para o consumo e na salvaguarda do meio ambiente”.
“Por razões estritamente ideológicas, sem pingo de correspondência com a realidade, o PCP, através da CDU, acaba de impedir que o modelo do abastecimento e saneamento em alta, seja replicado na distribuição em baixa, numa parceria em que o impulso seria na íntegra público, através da participação dos municípios”, argumenta o PS, que acrescenta: “A mentira do argumento da privatização não cola. A posição da CDU não responde aos interesses das pessoas e dos territórios”.
Os socialistas condenam igualmente o facto de o PSD não ter tido opinião sobre a matéria. “A abstenção do PSD sublinha o seu desfasamento com a realidade e com o interesse das populações. O PSD eximiu-se da fazer parte das soluções, limita-se a abster ou a sublinhar problemas que ainda resulta da sua governação do país, entre 2011 e 2015”, observam os socialistas do Baixo Alentejo.
Ainda assim, a Federação do Baixo Alentejo garante que “o PS não desistirá, em articulação com os municípios, de continuar a trabalhar para concretizar soluções”. “Há todo um trabalho que foi iniciado que importa prosseguir, sempre pelas pessoas e pelo Baixo Alentejo”, conclui o comunicado.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima