Aeroporto de Beja: PSD acusou o Governo de “ludibriar” os alentejanos

Aeroporto de Beja: PSD acusou o Governo de “ludibriar” os alentejanos

O PSD acusou o Governo de “ludibriar” os alentejanos sobre o aeroporto de Beja, que reduziu “a um espaço da campanha eleitoral socialista” e transformou numa “fonte inesgotável para alimentar a veia venenosa dos críticos e humoristas”.
“O Governo do PS transformou o projecto aeroportuário de Beja numa fonte inesgotável para alimentar a veia venenosa dos críticos e humoristas” e “são 35 milhões os euros investidos” num aeroporto, que “foi reduzido a um espaço da campanha eleitoral socialista, que teima em ludibriar os alentejanos”, refere a distrital de Beja do PSD, em comunicado enviado ao “CA”.
A posição do PSD surge em reacção à cerimónia que decorreu na quarta-feira para assinalar o primeiro voo excepcional a partir do aeroporto de Beja, que ainda não está certificado, nem a operar.
A cerimónia contou com as presenças do ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça, e do secretário de Estado Adjunto, das Obras Públicas e Comunicações, Paulo Campos.
“A presença de elementos da corte governamental no aeroporto de Beja a dar corpo a mais um deplorável exercício eleitoral – serve dizer demagógico e ofensivo da dignidade dos alentejanos – deve avisar-nos para o estilo de governação que conduziu o país ao abismo e da campanha eleitoral com que nos vão massacrar até ao próximo dia 05 de Junho”, refere o PSD.
Segundo os sociais-democratas, “o povo português caminha a passos largos para a condição de ‘pele e osso’ e o Governo socialista persiste no foguetório, numa tentativa de galvanizar uma população mortificada por encargos que surgem em catadupa para liquidar os efeitos catastróficos da gestão, de seis anos, socialista”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima