500 anos de foral celebrados na vila de Entradas até final do ano

500 anos de foral celebrados na vila de Entradas até final do ano

Um desfile de evocação histórica, a revitalização da antiga feira da vila, a inauguração de peça de arte pública e diversas actividades culturais são os momentos mais marcantes do programa comemorativo dos 500 anos de atribuição da carta de foral a Entradas.
Os festejos arrancam este domingo, 1 de Julho, e prolongam-se até ao mês de Dezembro, com muita animação à mistura.
“O que se pretende nestas comemorações é reavivar a memória dos mais velhos e explicar aos mais novos aquilo que foram os tempos vividos pelos nossos antepassados”, explica ao “CA” o presidente da Junta de Freguesia de Entradas, António Jerónimo, que vê semelhanças entre o passado e o presente.
“A doação da carta de foral tinha o objectivo de fomentar o povoamento e estabilização das zonas conquistadas, estabelecendo os deveres mas também alguns direitos e regalias dos povos. Podemos em alguns aspectos estabelecer um paralelismo com o Poder Local Democrático que existe actualmente, onde as populações podem, de alguma forma, gerir e decidir sobre o seu destino e de se desenvolverem em todos os campos”, vinca.
Os festejos dos 500 anos do foral de Entradas arrancam às 16h00 deste domingo, 1 de Julho, com a realização de uma Assembleia de Freguesia Extraordinária, em que estarão presentes os eleitos da Assembleia Municipal de Castro Verde e onde serão homenageados todos os presidentes eleitos desde as primeiras eleições autárquicas, em 1976.
De seguida realiza-se a palestra “O Foral de Entradas”, com a presença do professor Alves da Costa.
Uma semana depois, no dia 8 de Julho, mais de uma centena de populares voluntários recriam uma visita de D. Manuel I e da sua corte à vila, enquanto que no fim do mês, entre os dias 27 e 29, terão lugar as tradicionais “Noites em Santiago”, com música, exposições e espectáculos taurinas, entre outras actividades.
Os festejos dos 500 anos do foral de Entradas prosseguem em Outubro, com uma romaria à requalificada Igreja de Santo Isidoro (dia 5) e a realização da tradicional Feira de Entradas, que foi extinta durante a década de 60 (dia 6).
Em Novembro será apresentado o livro <b><i>O Antigo Concelho de Entradas</i></b> e o Grupo Coral Feminino “As Ceifeiras de Entradas” lança o seu primeiro CD.
Finalmente, já em Dezembro, será inaugurada uma peça de arte pública alusiva à data.
As comemorações dos 500 anos do foral de Entradas são promovidas pela Junta de Freguesia de Entradas, Câmara e Assembleia Municipal de Castro Verde juntamente com o Agrupamento de Escolas de Castro Verde, Sociedade Recreativa e Desportiva Entradense, Clube de Caçadores de Entradas, Lar Frei Manoel das Entradas, Cortiçol – Cooperativa de Informação e Cultura, Paróquia de São Tiago (Entradas) e Santa Casa da Misericórdia de Entradas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima