Vinhos Ervideira estão a crescer 25% em 2014

Vinhos Ervideira estão

O produtor vitivinícola alentejano Ervideira, situado no concelho de Évora, aumentou as vendas em 25% nos primeiros quatro meses deste ano, em comparação com igual período de 2013.
A Ervideira, que já exporta 65% da sua produção, anuncia ter vendido um total de 257 mil garrafas de vinho, no primeiro quadrimestre deste ano, o que representa uma subida de 25%, em relação aos primeiros quatro meses do ano passado.
Duarte Leal da Costa, director-executivo da empresa, explica que esta subida vai de encontro ao crescimento, “de forma sustentável”, que as vendas da Ervideira têm registado “nos últimos anos”.
“Este arranque de 2014, com um aumento de 25% face ao período homólogo, é um sinal de que um terço do ano foi superado com sucesso. Pretendemos, agora, que os restantes meses se mantenham nesta linha de crescimento”, diz.
O aumento de vendas é explicado pelo produtor vitivinícola com os resultados positivos alcançados no mercado interno e no mercado externo.
Em relação a Portugal, realça a empresa, a Ervideira Wine Shop, loja da empresa que funciona em Évora, registou “uma boa performance”, com as vendas a aumentarem “45% nos primeiros quatro meses”, comparativamente a período homólogo de 2013.
O que prova que “este molde é um sucesso, pois, não só aí se vende um grande número de garrafas, como também” é através da loja que a empresa escoa, “com facilidade”, os seus vinhos de gama Premium.
Quanto ao mercado externo, Duarte Leal da Costa afiança que vários mercados europeus, como a Suíça, Alemanha, Holanda e Bélgica, têm mantido a sua “contínua aposta” nos vinhos da empresa.
Para o segundo quadrimestre deste ano, a Ervideira revela ter “em carteira” encomendas para países como Angola, China e Brasil, as quais “asseguram a linha de crescimento” da empresa.
A Ervideira é uma das empresas vitivinícolas seculares em Portugal, produzindo vinho desde 1880.
Actualmente, possui um total de 160 hectares de vinha, distribuídos pelas sub-regiões da Vidigueira e Reguengos de Monsaraz.
A empresa vitivinícola, sediada perto de Vendinha (Évora), tem como principais mercados externos a Bélgica, Holanda e Angola.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima