Vereadores do PS em Beja criticam apoio a Serralves

Vereadores do PS em Beja

Os vereadores do PS na Câmara de Beja criticam a intenção do executivo de maioria CDU aprovar um apoio de 100 mil euros à Fundação Serralves, em detrimento de clubes, associações e outros agentes culturais e desportivos locais.
Em comunicado, os socialistas argumentam que “algo vai mal em Beja” quando o Município pretende atribuir 100 mil euros “de mão beijada em troca de ‘uma exposição anual ou de outra iniciativa de Serralves no espaço da autarquia” e tem previsto para 2016, no âmbito do Programa de Apoio ao Movimento Associativo na área do Desporto, um apoio de 114.784 euros a 34 clubes do concelho.
Para o PS, a intenção de apoiar à Fundação Serralves é, por parte da autarquia e da maioria CDU, “uma afronta clara a todas as organizações sem fins lucrativos e demais agentes culturais e desportivos da cidade e do concelho de Beja”.
“Quando falta dinheiro em muitos destes agentes culturais e desportivos que servem Beja e os seus munícipes para fardas, equipamentos de apoio à actividade desportiva, instrumentos musicais, pequenas reparações em instalações, deslocações, apoio para a realização de exposições ou outras iniciativas de artistas locais, entre tantos outros problemas, é lamentável que esta política tenha acolhimento em Beja”, acusa o PS.
Os socialistas acrescentam ainda, sem colocar “em causa o valor, a importância e o papel assumido pela intervenção da Fundação Serralves”, tratar-se de “uma postura desadequada relativamente àquela que é a política que o executivo CDU diz defender”.
Tudo isto leva os vereadores do PS a desafiarem o executivo liderado por João Rocha a fazer com que a verba em questão “seja direccionada para Beja e para os seus clubes, associações e demais agentes culturais e desportivos”, uma vez que existe “disponibilidade financeira para tal”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima