Tribunal decreta prisão preventiva de suspeito de homicídio em Elvas

Tribunal decreta prisão preventiva

O Tribunal de Elvas determinou esta segunda-feira, 25, a prisão preventiva do homem de 28 anos, suspeito de ter assassinado um outro, de 44 anos, durante uma rixa, no sábado, 22, naquela cidade raiana, revelou fonte da PSP.
A fonte policial adiantou à Agência Lusa que a medida de coacção mais gravosa foi aplicada por um juiz do Tribunal Judicial de Elvas, onde o suspeito foi interrogado.
O suposto homicídio foi cometido durante uma rixa, que ocorreu cerca das 4h40 de sábado, no parque de estacionamento do Moto Clube Alentejano de Elvas, informou o oficial de relações públicas do Comando Distrital de Portalegre da PSP, o subcomissário Hugo Figueiredo.
O homem de 28 anos terá, "provavelmente", usado "um copo" para agredir a vítima, que entrou em paragem cardio-respiratória e estava a ser socorrida pelos Bombeiros de Elvas, quando a PSP chegou ao local do crime, relatou o oficial.
Fonte dos Bombeiros de Elvas também afirma que, quando os elementos da corporação chegaram ao local, a vítima já estava em paragem cardio-respiratória e, "de imediato", iniciaram manobras de reanimação, com o apoio de um desfibrilhador.
A vítima foi transportada para o hospital de Elvas, onde chegou ainda a receber manobras de reanimação, acabando, no entanto, por morrer, contou a fonte dos bombeiros.
O suspeito, que "aparentemente" teria abandonado o local, foi encontrado pela polícia "a sangrar abundantemente da cabeça" e transportado pelos bombeiros para o hospital de Elvas, onde recebeu tratamento e teve alta no sábado, por volta das 6h30 de sábado.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima