Trabalhadores da Somincor esperam nova proposta

Trabalhadores da Somincor esperam nova proposta

Os trabalhadores da Somincor vão esperar que a administração da empresa apresente uma nova proposta para fazer face às suas reivindicações até ao próximo dia 29 de Janeiro. Se assim não suceder, os trabalhadores vão avançar com nova greve, em data ainda a definir.
Esta foi a tomada de posição assumida pelos trabalhadores nos plenários realizados no final da passada semana, depois de três greves em 2017 e das mudanças operadas na administração da empresa proprietária das minas de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde.
Recorde-se que os trabalhadores reivindicam o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina, a "humanização" dos horários de trabalho, a antecipação da idade da reforma para os funcionários das lavarias e áreas adstritas, a progressão nas carreiras, a revogação das alterações unilaterais na política de prémios e o "fim da pressão e da repressão sobre os trabalhadores".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima