Santuário em Serpa foi “vandalizado”

Santuário em Serpa

O santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, no monte de São Gens, considerado um dos “tesouros artísticos” do concelho, foi vandalizado, denuncia ao “CA” fonte do Departamento do Património Histórico e Artístico (DPHA) da Diocese de Beja.
Segundo o DPHA, recentemente, “a coberto da noite, um grupo de energúmenos entreteve-se a destruir, a pontapé ou usando ferros e paus como alavancas, muros e estruturas ornamentais, entre elas algumas urnas de inspiração barroca, do adro da igreja”, causando prejuízos “avaliados em milhares de euros” e que “não são de fácil recuperação”.
O DPHA sublinha que “actos vandálicos desta natureza começam a tornar-se frequentes em monumentos do Baixo Alentejo”, reclamando “uma maior atenção das autoridades, para que, à semelhança do que sucede com outros edifícios públicos, as igrejas sejam alvo de um acompanhamento mais efectivo”.
Entretanto, e depois de ter sido feita a recolha dos fragmentos deixados no local, a Diocese de Beja está a estudar, juntamente com a União das Freguesias de Serpa, a recuperação do adro, sem alterar a sua fisionomia tradicional.
Recorde-se que a ermida do “Altinho”, como é conhecida localmente, é muito querida entre as gentes de Serpa, que ficaram chocadas com “a falta de sentido e a gratuitidade da destruição realizada”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima