Salários em atraso no Conservatório de Portalegre pagos a partir de Janeiro

Salários em atraso no Conservatório

Os ordenados em atraso dos professores e funcionários da Escola de Artes do Norte Alentejano/ Conservatório de Portalegre vão ser pagos a partir de Janeiro, numa parceria com três municípios.
“Os salários em dívida do ano lectivo 2013-2014 vão ser suportados em 50% pelas câmaras municipais de Sousel, Portalegre e Ponte de Sôr e os outros 50% a escola assume”, disse o presidente da instituição, Armando Jorge Silva, em declarações à Agência Lusa.
De acordo com o responsável, os salários em atraso vão começar a ser pagos "em Janeiro” e serão saldados num “prazo máximo de dois anos”, através de “mensalidades”.
Cerca de 30 professores e funcionários da escola, também conhecida por Conservatório de Portalegre, não recebem salários “há seis meses”, faltando ainda receber metade dos últimos subsídios de Natal e de férias.
O presidente da Escola de Artes do Norte Alentejano, pertencente a uma associação sem fins lucrativos e com sede em Portalegre e pólos em Sousel e Ponte de Sôr, espera ainda pagar até Novembro os salários em atraso referentes ao ano lectivo 2014-2015.
“Nós estamos convencidos que até Novembro os salários vão ficar em dia, embora estejamos a falar dos salários referentes ao ano lectivo 2014-2015”, disse.
Armando Jorge Silva explicou que, actualmente, as aulas na área do Ensino Articulado da Música estão em funcionamento a “90%”, só não estando em pleno porque alguns professores pediram a suspensão dos seus contratos.
“Não está a cem por cento [Ensino Articulado da Música] porque há professores que pediram a suspensão. Como o conservatório deve ordenados, alguns professores esgotaram as suas economias, esgotaram o seu poder de se deslocar”, explicou.
Com uma dívida que ronda os 200 mil euros (incluindo os salários em atraso), o Conservatório de Portalegre, que vive sob um regime de financiamento baseado no Fundo Social Europeu, possui nas suas aulas cerca de 300 alunos.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima