Pita Ameixa diz que candidatura é irreversível

Pita Ameixa diz que

Luís Pita Ameixa garante que a sua candidatura à Câmara de Ferreira do Alentejo pelo PS nas eleições autárquicas de 2017 é “irreversível” e que deverá ser validada pela Federação e pela direcção nacional do partido.
Em declarações ao semanário “Expresso”, Pita Ameixa fala pela primeira vez sobre o processo e revela que o seu “regresso” se deve a um movimento de cidadãos.
“Foi um movimento que cresceu a tal ponto que houve indicadores que me davam uma votação de 55% se avançasse numa lista independente e 20% a um outro candidato socialista. Mas eu sempre disse que a avançar deveria fazê-lo pelo PS”, revela o ex-deputado.
Pita Ameixa reconhece ainda que Nuno Pancada, actual vice-presidente da Câmara, era a
figura apontada para liderar a lista do PS em Ferreira do Alentejo. Contudo, foi o nome de Pita Ameixa que mereceu a aprovação de 10 dos 16 membros da Comissão Política Concelhia local, o que na sua opinião “esvazia eventuais polémicas” relativamente à sua candidatura.
"Conjugou-se a vontade do grupo de cidadãos com a da Concelhia. É uma candidatura irreversível", conclui.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima