Pista de atletismo de Beja requalificada

Pista de atletismo

A Câmara de Beja vai avançar com as obras de requalificação da pista de atletismo do Complexo Desportivo Fernando Mamede, há muito degradada e sem condições para receber provas nacionais. O projecto já está pronto e a empreitada deverá arrancar em 2019, num investimento total a rondar os 490 mil euros.
Segundo adianta o presidente da Câmara de Beja, já foram abertas as propostas do concurso público para a empreitada, a que concorreram duas empresas, uma com uma proposta de 482 mil euros e outra com o orçamento de 486 mil euros.
“A Câmara de Beja irá agora, e nos termos legais, dar o direito de audição aos interessados e de seguida submeter a empreitada a visto do Tribunal de Contas. Contamos durante o ano de 2019 iniciar – e eventualmente concluir – a obra da nova pista”, adianta Paulo Arsénio na sua página oficial na rede social Facebook.
Apesar do avanço da obra, o autarca bejense não deixa de criticar a exclusão deste projecto da lista de iniciativas financiadas pelo BEM – Benefício de Equipamentos Municipais. O programa tinha disponível um montante total de 3,5 milhões de euros e vai apoiar 24 projectos em todo o país, tendo a candidatura de Beja ficado no 41º lugar.
“Só havendo duas pistas de atletismo dentro das 142 candidaturas (Beja e Seia, creio) e tendo, nas mesmas condições, Seia ficado em 12º lugar e ser, portanto, financiada, a Câmara de Beja apresentou reclamação da classificação obtida. O financiamento seria/ será de 179 mil euros, o que numa obra de perto de 500 mil euros é realmente muito importante”, justifica Paulo Arsénio.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima