PCP de Almodôvar critica acção da GNR

PCP de Almodôvar

O PCP acusa a GNR de Almodôvar de ter tentado condicionar a distribuição de propaganda durante uma acção realizada esta terça-feira, 22, junto às escolas 2,3 e Secundária da vila.
“No decorrer da referida acção de contacto, os militantes do PCP e da JCP que a dinamizavam foram abordados por militares da GNR que afirmaram não ser permitida a distribuição de documentos sem autorização prévia”, revela o PCP em comunicado.
Os comunistas acrescentam que “apesar da abordagem”, que classificam de “abusiva e injustificada”, a acção de contacto manteve-se.
No comunicado, o PCP de Almodôvar afirma que “repudia qualquer tipo de acção contra a liberdade de expressão, reafirmando a necessidade de continuar a intervir, esclarecer e resistir às pressões e aos condicionamentos, exercendo na sua plenitude os direitos consagrados na Constituição da República Portuguesa”.
“No ano em que se comemoram os 40 anos da Constituição da República Portuguesa, reafirmamos que continuaremos a lutar pelos valores de Abril que ela consagra”, conclui a nota do PCP.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima