Ordem dos Médicos e Cimbal debateram fecho da maternidade

Ordem dos Médicos e Cimbal

O Conselho Distrital de Beja da Ordem dos Médicos solicitou à Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (Cimbal) uma avaliação do impacto da nova portaria 82/ 2014.
O pedido surgiu durante o encontro que juntou esta segunda-feira, 12, médicos e autarcas e durante o qual se abordaram as implicações da nova legislação, que pretende reorganizar os serviços hospitalares e dá azo ao possível encerramento de algumas valências nos hospitais de Beja do Litoral Alentejano, nomeadamente a maternidade.
“Perante a óbvia implicação que tal pode ter em estratégias de desenvolvimento loco-regional, o Conselho Distrital da Ordem, solicitou o envio de uma avaliação da Cimbal sobre o impacto que, do seu ponto de vista, aquele texto legal pode vir a ter nessas estratégias”, revela a Ordem dos Médicos de Beja em comunicado.
De acordo com a mesma fonte, e no sentido de “auscultar o entendimento de outros protagonistas sobre o mesmo diploma e suas consequências”, o Conselho Distrital de Beja da Ordem dos Médicos vai promover no próximo dia 21 de Maio (quarta-feira) uma reunião que permita “estabelecer uma argumentação que consolide uma apreciação técnica do conteúdo daquele texto legal e eventuais alternativas ao mesmo”, tendo sido convidados nove antigos dirigentes da área da Saúde no distrito.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima