Orçamento Participativo de regresso em Odemira

Orçamento Participativo

A Câmara de Odemira vai voltar a promover o “Orçamento Participativo” (OP) em 2017, iniciativa que arranca já em Abril e que visa potenciar o exercício da cidadania participada, activa e responsável.
Com início agendado para sábado, dia 1 de Abril, o OP 2017 volta a ter um valor global de 500 mil euros, dividido em 250 mil euros para projectos promovidos nas freguesias do litoral ou com população superior a 1.500 habitantes e outros 250 mil euros para projectos nas freguesias com população inferior a 1.500 habitantes.
As propostas, que não podem exceder o valor de 125 mil euros, podem ser apresentadas pela população até final de Junho, sendo depois submetidas a votação em Outubro e Novembro. As mais votadas serão integradas no orçamento da Câmara Municipal de 2018.
Em paralelo, a autarquia vai também promover este ano um OP em cada uma das 13 freguesias do concelho. Cada um destes 13 OP terá uma dotação de 10 mil euros e as propostas vencedoras serão incluídas no orçamento da junta de freguesia local em 2018.
“Odemira passa a ser um concelho 100% OP”, sublinha a Câmara de Odemira em comunicado.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima