Nova PAC deixa CAP preocupada

Nova PAC deixa

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) está preocupado com o orçamento da Política Agrícola Comum (PAC), para os próximos sete anos.
“É sabido que esta PAC vai perder dinheiro, o orçamento comunitário perde em termos reais 14%, o que é muito dinheiro, e nessa matéria nós temos um problema que é dividir um bolo por 28 países”, diz João Machado.
Para o responsável, Portugal tem obtido ao longo do tempo um tratamento por parte da PAC que “não é muito favorável”, considerando que os agricultores e os dirigentes agrícolas têm nesta altura “toda a legitimidade” para estarem “preocupados”.
“Nós queremos saber, no final (negociações da PAC) se vamos perder e quanto é que vamos perder, porque se perdermos mais do que a média europeia quer dizer que estamos a divergir da União Europeia (UE) e não a convergir como estava estipulado, e ainda não temos esses números finais”, acrescenta.
João Machado mostra-se ainda “preocupado” com as regras que estão a ser “impostas”, considerando que as mesmas são muito “distintas” das regras da PAC introduzidas no quadro comunitário que está em vigor.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima