Nacional de “Masters” de ciclismo em Almodôvar

Nacional de “Masters”

Este domingo, 11 de Maio, todos os caminhos do ciclismo vão dar a Almodôvar, onde se realiza o Campeonato Nacional para ciclistas masters, ou seja, com mais de 30 anos.
A prova é organizada pela autarquia local, pela Federação Portuguesa de Ciclismo e pela Associação de Ciclismo do Algarve e deve juntar na estrada mais de uma centena de participantes vindos dos quatro cantos do país.
“É uma prova que nos vai trazer muitas mais-valias e prestígio. Almodôvar está localizado entre a serra e a planície e as nossas provas de ciclismo são um misto de ambas as coisas. Naturalmente que isso irá ser uma mais-valia, não só para ao concelho como para a modalidade”, sublinha ao “CA” o presidente da Câmara de Almodôvar, António Bota.
A correr em “casa”, os ciclistas da equipa da Peçamodôvar/ Casa do Benfica de Almodôvar surgem entre os principais favoritos à vitória final nas três categorias da prova.
“É uma equipa com grande prestígio a nível nacional e naturalmente que esperamos que esta prova traga essa ‘cereja sobre o topo do bolo’ que seria uma vitória para os almodovarenses que nela irão participar”, admite António Bota.
Um enorme desafio lançado pelo autarca que os responsáveis pela formação encarnada assumem de peito aberto e sem rodeios.
“Neste início de época temos tido uns resultados muito bons, com vitórias em todas as provas que temos disputado, e as expectativas são grandes. Com certeza que os nossos adversários também têm expectativas, mas estamos com muita esperança. Sabemos que vamos ter um grande apoio da população e isso vai ser importante”, diz o director-desportivo Henrique Revés.

Três percursos
Com partida marcada para as 11 da manhã junto à Câmara de Almodôvar (onde também está instalada a meta), o Campeonato Nacional de Masters em ciclismo vai ter três percursos.
Para as categorias de Masters 50 e 60 a prova terá 76,6 quilómetros, passando por Semblana, Dogueno, Corte Figueira Mendonça, pico do Mú e Corvatos, enquanto em Masters 40 o percurso terá 111,7 quilómetros, já que passa ainda pelo Santo Amaro, Azinhal e mais uma vez por Dogueno e Corvatos.
A prova mais longa será para os Masters 30, que irão pedalar por Semblana, Dogueno (três vezes), Corte Figueira Mendonça, pico do Mú, Corvatos (três vezes), Santo Amaro (duas vezes) e Azinhal (duas vezes), num total de 146,5 quilómetros.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima