IPBeja com 512 vagas no concurso nacional de acesso de 2023

IPBeja - Edifício Presidência

O Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) vai contar com um total de 512 vagas na primeira fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA) ao ensino superior em 2023, mais uma que no ano anterior, distribuídas pela totalidade dos seus cursos de licenciatura.

Segundo adianta o IPBeja, em comunicado, apesar do número global de vagas colocadas a concurso em 2023 “ser semelhante ao de 2022”, existiu “uma redistribuição das vagas, da qual resultou um aumento das vagas em oito dos cursos de licenciatura do Instituto”.

Nesse âmbito, destaque para o aumento de 10 vagas na licenciatura em Educação Básica, enquanto Solicitadoria contará com mais 16 vagas no regime presencial.

O IPBeja explica que, no que se refere à licenciatura em Educação Básica, o aumento de 10 vagas, para um total de 30, “pretende dar resposta aos atuais desafios e necessidades de formação de professores”.

“Uma área com potencial na medida em que o Instituto, através da sua Escola Superior de Educação, oferece na mesma área de educação e formação, um CTESP em Cuidados da Infância e, um mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º ciclo”, acrescenta a mesma fonte.

Por outro lado, no que se refere à licenciatura em Solicitadoria em regime presencial, o IPBeja acrescentou mais 16 vagas, passando das 20 vagas colocadas a concurso em 2022 para 36 vagas em 2023.

“Este aumento das vagas resulta da cessão do período transitório a que o curso a funcionar em regime de ensino a distância estava sujeito”, revela o IPBeja.

No comunicado, a Presidência do Instituto considera que a estabilidade no número de vagas colocadas a concurso “representa confiança no atual portfólio da oferta formativa, onde as licenciaturas são um pilar central que permite o desenvolvimento de fileiras formativas em cada uma das áreas de educação e formação”.

A Presidência do IPBeja “congratula-se” ainda com o facto de ser possível manter o número de vagas na primeira fase do CNA apesar da tendência para um decréscimo das vagas oferecidas pelo conjunto dos politécnico localizados no interior do país.

Isso “poderá ser associado à atual dinâmica socioeconómica da cidade de Beja e da região da qual o Instituto beneficia e para a qual quer contribuir”, conclui a Presidência do IPBeja.

Opinião

Carlos Pinto

19 de Julho, 2024

O futuro da somincor

Vitor Encarnação

19 de Julho, 2024

Subir uma montanha

Carlos Pinto

5 de Julho, 2024

O salário dos políticos

Napoleão Mira

5 de Julho, 2024

Avô Montes

Carlos Pinto

21 de Junho, 2024

O Segredo de justiça existe?

Vitor Encarnação

21 de Junho, 2024

Solidão

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima